myCIW (SÓ PARA VISUALIZAÇÃO - FÓRUNS TRANCADOS!)

Voltar   myCIW (SÓ PARA VISUALIZAÇÃO - FÓRUNS TRANCADOS!) > Temas Islâmicos > Religião Comparativa

 
 
Opções do Tópico
  #1  
Antigo 04-09-2008, 19:12
nazeazeno nazeazeno está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Sep 2008
Posts: 5
Padrão Ajuda em pesquisa - Sacrifícios

Olá a todos. Me cadastrei recentemente com o objetivo de obter algumas boas informações sobre uma tema.
Gostaria de saber qual é a concepção Islâmica sobre os sacrifícios judaicos narrados no Antigo Testamento. Primeiramente, o que o Alcorão diz (se diz) sobre esse tema; o que o Profeta disse (se disse) e o que os Muçulmanos entendem sobre aquilo, isto é, se de fato estavam fazendo algo que agradava a Deus ou não.
Por fim, se concordarem com os sacrifícios (da lei Mosaica), então porque eles pararam? Se descordarem, então porque Deus teria ordenado que o realizassem ou, entao, o que Deus queria que eles fizessem naquela epoca.
Estou perguntando para os nobres colegas porque não encontrei nada de valioso sobre esse tema na internet e estou necessitado de fontes e informações sobre esse tema.

Alguém pode ajudar?
  #2  
Antigo 04-09-2008, 19:21
Avatar de Peregrino
Peregrino Peregrino está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jul 2007
Posts: 2,514
Padrão

Olá, seja bem vindo


Para ter a certeza sobre o que estaremos a falar, agradecia que citasse as partes bíblicas em questão. Deste modo poderemos todos analisar em conjunto.
  #3  
Antigo 04-09-2008, 21:23
nazeazeno nazeazeno está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Sep 2008
Posts: 5
Padrão

Bom, no Antigo Testamento fala-se sobre sacrificios o tempo todo. Começa no caso de Caim e Abel. Caim ofereceu frutos e Abel ofereceu animais. Deus preferiu o sacrificio de Abel por ser de animais.
Depois, com Moises, quando da ocasiao de retirar o povo do Egito, Deus exigiu que sacrificassem:

Exodo 8:8 Chamou, pois, Faraó a Moisés e a Arão, e disse: Rogai ao Senhor que tire as rãs de mim e do meu povo; depois deixarei ir o povo, para que ofereça sacrifícios ao Senhor.

Em exodo 29 fala-se muito sobre sacrificios. Na realidade, o AT inteiro fala. Por exmeplo, no link a seguir relacionei vários textos que falam sobre isso: http://www.bibliacatolica.com.br/busca/01/1/sacrificio

No AT, Deus exigia que fossem sacrificados animais para expiar o pecado das pessoas. Para cada caso havia um tipo de ritual diferente e um animal diferente para ser morto. Pombos, carneiros e outros animais eram mortos com esse proposito.

Sendo assim, que visão fazem sobre esses sacrificios?

Obrigado pelo interesse em ajudar![/b]
  #4  
Antigo 04-09-2008, 21:42
Avatar de Peregrino
Peregrino Peregrino está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jul 2007
Posts: 2,514
Padrão

Se é desse tipo de sacrifício.
Existe sim o Eid ul-Adha ( festa do sacrifício), é em memória da predisposição de Abraão em sacrificar o seu filho Ismael conforme vontade de Deus. No final acabou por sacrificar um carneiro. Esta festa marca o fim da peregrinação a Meca.

Além desta festa, não me lembro de outra que tenha ligação com a bíblia.



Pensei que se referia a um sacrifício humano em nome de Deus.
Juízes 11:30/40

http://www.bibliacatolica.com.br/01/7/11.php


Qual a sua religião?
  #5  
Antigo 05-09-2008, 10:52
nazeazeno nazeazeno está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Sep 2008
Posts: 5
Padrão

Cristão.

Sim, o caso de Abraão é um dos casos de sacrifício de animais. Como eu disse, o AT inteiro fala sobre sacrifícios e há ordens de Deus para que o povo sacrificasse para ter seus pecados expiados (perdoados).
A minha dúvida e o que eu procuro saber é como os Muçulmanos entendem isso. Como perguntei, o Alcorão ou alguma hadice fala sobre esses sacrifícios? O caso seria o seguinte, se vocês entendem que Deus realmente ordenou esses sacrifícios. Se ordenou, porque não sacrificam mais? Se não ordenou, qual é o posicionamento diante desses fatos.
Até onde eu sei (me perdoem qualquer equivoco, estou aqui exatamente para compreender melhor) os Muçulmanos não creem que um sacrifício traria remissão de pecados. Desta forma, eu gostaria de compreender sobre os conceitos de salvação dos Muçulmanos e como vocês veem esses sacrifícios que os judeus realizavam e que só não realizam mais porque o templo não existe.

Obrigado pela atenção! Espero não estar sendo chato! rs
  #6  
Antigo 05-09-2008, 14:23
Avatar de Tayeb
Tayeb Tayeb está offline
Administrador
 
Registrado em: Jul 2002
Posts: 4,413
Padrão

Sim de facto o sacrifício de animal efectuado durante Eid-ul-Adha não é o bode expiatório dos judeus.

Abraão quis sacrificar o seu filho em obediência a Deus, que o ordenou num sonho, o qual foi substituido por um cordeiro. Nós os muçulmanos imitamos o acto e a carne do animal é dividida entre os que sacrificaram o animal, bem como vizinhos e pobres.

O perdão de Deus não vem através de expiação do animal como acreditavam os judeus. O sacrifício do animal é só um acto de obediência a Deus. A carne é comida.
__________________
Tayeb
______________
Admin
  #7  
Antigo 05-09-2008, 16:45
nazeazeno nazeazeno está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Sep 2008
Posts: 5
Padrão

Interessante, não sabia desse ponto-de-vista.
Mas, fiquei em dúvida. Por que Deus ordena que continuem sacrificando? Não faria muito sentido se não houvesse o resultado da expiação de pecados. Explicando melhor, por que Deus pedia todo o tempo para sacrificarem, desde os filhos de Adão e Eva até os períodos mais distantes com os profetas próximos à era de Jesus? Claro que faziam em obediência, mas questiono as razões por Deus querer que fizessem isso. Para simplificar, por que Deus queria que sacrificassem animais ao invés de, por exemplo, plantarem mandioca e colherem ou, por exemplo, jogarem truco. Compreende?
Questiono isso porque na visão judaica e cristao isso faz total sentido, pois aponta (prefigura) o sacrificio de Cristo, que seria totalmente necessário. Aí vem a dúvida que estou tentando conceber adequadamente sobre a visão Islâmica.
Muito obrigado, estão me ajudando bastante no entendimento da concepção.
  #8  
Antigo 05-09-2008, 18:48
PedroSilva PedroSilva está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jun 2008
Posts: 356
Padrão

Eu não sei responder por Deus, nem sei que tipo de fundamentação dava quem os praticava mas a verdade é que os sacrifícios não são um exclusivo do judaísmo. Não sou um conhecedor mas parece-me que a maior parte das religiões acolhe esta prática. Nem que seja o sacrifício pessoal, no sentido de entrega, esforço, renúncia, etc.

Não coneço 'a razão', como disse - e duvido que os judeus dos tempos bíblicos soubessem dizer muito mais do que 'fazemo-lo porque Deus assim o exige' - mas ocorrem-me algumas possíveis explicações\ interpretações para a prática de 'sacrifícios' no contexto religioso: dádiva; apaziguamento; gratidão (pela vida, ofercendo 'vida' em troca); mortificação\ sublimação.
  #9  
Antigo 05-09-2008, 19:15
PedroSilva PedroSilva está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jun 2008
Posts: 356
Padrão

Já agora, deixo a minha visão sobre as diferenças doutrinárias como as que têm sido referidas.
Eu acho que nas religiões muito do que é a prática, o culto, a percepção do sagrado, etc., pertence ao plano do simbólico.

Será por isso que há essa transferência, por parte dos cristãos, do significado dos sacrfícios tal como os faziam os judeus para o sacrfício de Cristo.
Do mesmo modo, por exemplo, se passa da ideia Jerusalém tal como era percebida pelos judeus para a 'Jerusalém Celeste' dos cristãos (penso que é mais dos católicos; espero não estar a dizer uma grande asneira, em todo o caso).

As religiões estão sempre a reelaborar os símbolos. O Novo Testamento pode também ser visto como um extenso diálogo de reelaboração de símbolos do Antigo Testamento. Eu, pelo menos, penso assim.

No caso concreto do Islão não sei se existe alguma ligação ou alguma 'reelaboração' específica relacionada com os sacrifícios (diga-se que não sou muçulmano).
Mas a ideia genérica de sacrifício, ainda que com outro nome, não me parece que lhe seja estranha.
  #10  
Antigo 05-09-2008, 20:09
Avatar de Peregrino
Peregrino Peregrino está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jul 2007
Posts: 2,514
Padrão

Ao que compreendo, no Islão, Deus é considerado sem necessidades.
A oferta de sacrifícios para pagamento de pecados ou para interceder junto de Deus é, segundo sei, completamente estranho ao Islão.

A ideia de Jesus ter sido sacrificado para remissão dos pecados e resgate da humanidade é contrária à doutrina islâmica.
Impensável considerar que um homem pague pelos erros de outros.

O Islão considera a salvação como um acto individual, o processo dá-se entre Deus e o individuo, sem quaisquer intermediários, pois caso contrário seria estar a associar a Deus parceiros ( idolatria).



As ofertas a Deus são uma prática religiosa semelhante à dos pagãos. O culto destes consistia essencialmente em ofertas às divindades.
Talvez seja um dos possíveis desvios da mensagem original.
 
Opções do Tópico

Regras para Posts
Não pode publicar novos tópicos
Não pode publicar respostas
Não pode colocar anexos
Não pode editar os seus posts

Código BB está Ligado
Smiles estão Ligado
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado

Ir para...

Tópicos Similares
Tópico Tópico Iniciado Por Fórum Respostas Última Mensagem
Ajuda Urgentemente Unnamed Assuntos Gerais 2 03-06-2008 07:54
Motor de pesquisa do módulo Alcorão Online Tayeb Alta-Tecnologia 1 06-08-2007 20:54
Ajuda para um trabalho de E.M.R.C MasterDragon Assuntos Gerais 3 25-03-2006 20:50
Ajuda por favor. Taleb_Ali Assuntos Gerais 4 28-03-2004 03:18
Ajuda na tradução de módulo de Zakah Tayeb Assuntos Gerais 0 15-12-2003 21:03



Powered by vBulletin® Version 3.8.4
Copyright ©2000 - 2018, Jelsoft Enterprises Ltd. :: Translated by vB-Brasil
vBulletin Style by: kreativfantasy.com