myCIW (SÓ PARA VISUALIZAÇÃO - FÓRUNS TRANCADOS!)

Voltar   myCIW (SÓ PARA VISUALIZAÇÃO - FÓRUNS TRANCADOS!) > Temas Islâmicos > Religião Comparativa

 
 
Opções do Tópico
  #21  
Antigo 10-05-2009, 17:41
Avatar de Peregrino
Peregrino Peregrino está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jul 2007
Posts: 2,514
Padrão

Dizer o que se pensa pode acabar por ofender o outro, é tempo de pensar se o problema é dizer-se o que se pensa, ou o outro.

Deve-se ter respeito pelo absurdo

Existe um monte de crenças que são absurdas aos olhos dos que nelas não crêem. Isto não seria problema, caso os crentes nelas não tentassem fazer valida-las aos outros.

Enquanto a religião for do uso privado do individuo, e não se queira impor nada ao resto da comunidade, o melhor é não dar importância.

Quem sou eu para questionar
Sou um cidadão, consciente do perigo de que doidos possam interferir na minha vida para lá do razoável, afinal de contas ninguém consegue viver imune ao resto da sociedade.

----

Sei que neste tópico, a questão até é mais simples.
Trata-se de crença em Jesus...Alguns judeus, os cristãos e os muçulmanos crêem nele. Se é errada a forma, não creio ser relevante julgamos.
Não deixa de me espantar que o Homem consiga odiar membros de outros grupos devido ao modo de crer na mesma pessoa...
  #22  
Antigo 10-05-2009, 18:40
Avatar de El Cairo
El Cairo El Cairo está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jan 2009
Posts: 608
Padrão

Citação:
Postado Originalmente por Peregrino Ver Post
Dizer o que se pensa pode acabar por ofender o outro, é tempo de pensar se o problema é dizer-se o que se pensa, ou o outro.

Para mim, o "problema" a que o Peregrino se refere não é o "outro" mas sim o próprio pensamento que se reflecte depois em palavras, ou seja, não são as pessoas que representam "perigo", mas as palavras, as palavras são uma arma como alguém uma vez disse.

Deve-se ter respeito pelo absurdo

Creio que há limites. Até podemos respeitar o absurdo se de facto ele tiver algum bom fundamento por trás, o que eu duvido que tenha na maioria dos casos.

Existe um monte de crenças que são absurdas aos olhos dos que nelas não crêem. Isto não seria problema, caso os crentes nelas não tentassem fazer valida-las aos outros.

Para mim, a crença ou as crenças é algo muito intímo, muito nosso, tentar "impingir" a nossa não é correcto. Escolhermos outra crença por nossa vontade própria ou porque temos um forte motivo que por vezes é difícil explicar é outra coisa e este será o melhor caminho a seguir nesse caso.

Enquanto a religião for do uso privado do individuo, e não se queira impor nada ao resto da comunidade, o melhor é não dar importância.

Costuma-se dizer que as pessoas têm a importância que elas lhes dão, acho que o mesmo se passa com certos temas que são abordados. Tem razão Peregrino.

Quem sou eu para questionar
Sou um cidadão, consciente do perigo de que doidos possam interferir na minha vida para lá do razoável, afinal de contas ninguém consegue viver imune ao resto da sociedade.

Pois não, ninguém consegue ser insensível a certas coisas, mas infelizmente vejo que cada mais caminhamos no sentido do conformismo e as pessoas parecem estar já "vacinadas" contra certos problemas... não vou por aí e prefiro fazer-me ouvir, sempre com o devido respeito.

Sei que neste tópico, a questão até é mais simples.
Trata-se de crença em Jesus...Alguns judeus, os cristãos e os muçulmanos crêem nele. Se é errada a forma, não creio ser relevante julgamos.
Não deixa de me espantar que o Homem consiga odiar membros de outros grupos devido ao modo de crer na mesma pessoa...
Esta sua última frase diz tudo, também eu fico incrédula e triste... as religiões deviam aproximar e não afastar os homens.

PS: peço desculpa pela escrita a azul, não sei se é proibido ou não aqui no forum, mas só a usei para distinguir o que o Peregrino escreveu.
  #23  
Antigo 10-05-2009, 22:33
Avatar de Peregrino
Peregrino Peregrino está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jul 2007
Posts: 2,514
Padrão

Só sobre a escrita em azul.
Não é interdito e de facto serve para facilitar a leitura.
Você podia ter citado de forma intercalada, mas dá muito trabalho

Ficaria algo deste modo:

Citação:
Postado Originalmente por El Cairo Ver Post
El Cairo fala
Falo eu


Citação:
Postado Originalmente por El Cairo Ver Post
El Cairo fala
Falo eu

--

É só uma questão de ir metendo citações, embora nem todos estejam à vontade a fazer desse modo. Por mim, todos os meios são bons.


Agora peço desculpa por este momento ligeiro
  #24  
Antigo 11-05-2009, 10:13
Avatar de El Cairo
El Cairo El Cairo está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jan 2009
Posts: 608
Padrão

Citação:
Postado Originalmente por Peregrino Ver Post
Só sobre a escrita em azul.
Não é interdito e de facto serve para facilitar a leitura.
Você podia ter citado de forma intercalada, mas dá muito trabalho

Ficaria algo deste modo:



Falo eu




Falo eu

--

É só uma questão de ir metendo citações, embora nem todos estejam à vontade a fazer desse modo. Por mim, todos os meios são bons.


Agora peço desculpa por este momento ligeiro
Bom dia Peregrino,

Oh, eu já tentei fazer isso, mas não consegui e é de facto muito mais fácil.

Estes momentos a que chama de ligeiros fazem-nos muito bem, e não tem de pedir desculpa, pelo contrário, até lhe agradeço.

Uma boa segunda-feira e salam,

El Cairo
  #25  
Antigo 11-05-2009, 22:01
PedroSilva PedroSilva está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jun 2008
Posts: 356
Padrão

Viva.

Eu não sou crente em nenhuma religião mas interesso-me por assuntos religiosos em geral. Apear de viver rodeado por pessoas crentes, a verdade é que poucas vezes surge a oportunidade de trocar pontos de vista acerca de qualquer coisa mais do que o superficial (ex: 'fulano não se casou pela igreja'; 'vou à missa a tal parte porque gosto muito do padre que a celebra';etc.).
E no entanto era de esperar dos crentes que quisessem falar da sua religião, digo eu. Tirando as Testemunhas de Jeová, é raro alguém me iterpelar sobre o assunto. Eu lamento isso. De facto, sempre que tenho tempo falo com as (ou 'os'?) Testemunhas, simplesmente porque tenho interesse (curiosidade talvez fosse mais apropriado), e eles também.
Pergunto-me se será por haver tão poucas oportunidades de falar sobre o assunto que comecei a participar no forum .

Em todo o caso, está fora de questão impôr pontos de vista, evidentemenete. A questão não é essa, na verdade.

A fé é qualquer coisa de pessoal, mas no que se refere à sua vivência e às convicções de cada um. Não vejo, logo à partida, porque não se há-de poder discutir essa vivência (quem o quiser fazer); mas, sobretudo, não vejo porque não se há-de discutir (quem o quiser fazer) não a 'fé pessoal' (os sentimentos, convicções) mas os seus fudamentos, ou qualquer aspecto da sua doutrina.
Naturalmente que, nessa discussão, o que para uns é branco, para outros é preto. Muitas vezes se invoca - e bem - a tolerância e o respeito, mas é mais fácil fazê-lo 'em abstracto' do que, porventura, perante casos concretos. O verdadeiro respeito, a meu ver, existe APESAR das opiniões dos outros ser absolutamente contrária à nossa.

Para mim, a ofensa verifica-se quando existe intenção não de proferir uma opinião mas de dizer algo que sabemos que vai magoar.
Ou melhor: a ofensa intencional por palavras é o que acontece quando se diz algo PARA magoar.
A opinião justifica-se em si mesma, não tem uma segunda intenção. Trata-se apenas de transmitir ideias acerca de algo, ainda que isso magoe alguém.

Na prática podem por vezes surgir dúvidas, a linha entre uma coisa e outra pode ser ténue, em alguns casos, mas se formos razoáveis conseguimos geralmente distinguir as coisas.

Assim, e NESTE caso concreto, no contexto em que se deram as afirmações (e na minha maneira de ver!), dizer que Jesus é Cristo, ou é o Anticristo, ou é um profeta não deveria ser considerado ofensivo (por ninguém). São apenas opiniões, certas ou erradas.
Para mim, já agora, ele (ou Ele) não é nenhuma das três. É mais uma opinião.

Aliás, se pensarmos bem, se seguíssemos este raciocínio, de cada vez que os Cristãos dizem que Jesus é Cristo os muçulmanos (e mesmo outros) poderiam considerar ofendidos, pois para eles Jesus não é Cristo (no sentido Cristão, se é que existe outro).
Do mesmo modo, sempre que os muçulmanos dizem que Jesus é (apenas) um profeta, os cristãos poder-se-iam considerar ofendidos, visto que para estes a 'essência' de Jesus é outra.

Mas, em princípio, não é caso para nenhuma ofensa (mas claro que isso depende do contexto: por exemplo, se um Cristão for escrever na porta de um muçulmano 'Jesus é Cristo', ou alguém for dizer em plena missa 'Jesus é o anticristo', o caso começa a mudar de figura: a intenção de magoar começa a evidenciar-se, logo aproxima-se do, ou é já insulto).
  #26  
Antigo 11-05-2009, 22:42
Avatar de Peregrino
Peregrino Peregrino está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jul 2007
Posts: 2,514
Padrão

Pedro Silva,

Quanto a escrever Jesus é Cristo na porta de um muçulmano, isto só seria problema na mente de um muçulmano desconhecedor da sua própria religião.
Jesus é mesmo Cristo
Quanto a considerar-se anti-Cristo, aí o caso muda de figura.


De facto, só as testemunhas de Jeová gostam de falar de religião, embora ache que começam a querer desistir de mim

A única coisa religiosa que vi por estes dias, está relacionado com Fátima.
Pessoas que partiram em peregrinação, a pé, haja coragem
Eu mesmo, estive este Sábado em Fátima, só que nem o santuário vi, ou não reparei nele. Quando ia na A1, vi peregrinos a marchar, e pensei, o que motiva aquela gente
Já em Fátima, não fosse ver outros peregrinos, nem daria conta que estava num dos lugares mais visitados pelos católicos em Portugal.
E de novo, perguntei-me o que os motiva
A vez anterior que lá havia estado, foi em Outubro passado, nessa altura visitei o novo edifício ( nem sei se é catedral, basílica ou igreja, que me desculpem os católicos ). Vi pessoas a arrastarem-se pelo chão, e aí mais do que nunca, já pensava, o que os motiva

Este texto longo e chato, só para dizer, a crença, a fé individual, deve sempre ser respeitada. Não nos fazem mal nenhum, não entendo a necessidade de certas pessoas em combater a fé das pessoas.
Ateísmo militante é argh...
  #27  
Antigo 11-05-2009, 23:03
Avatar de El Cairo
El Cairo El Cairo está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jan 2009
Posts: 608
Padrão

Viva PedroSilva,

Discutir, debater ideias e colocar pontos e vista ou dar opiniões tudo muito bem, mas com alguns limites.

Muito honestamente, não sei que intenção teria estado por detrás da primeira afirmação, (o tópico me parece que é antigo e descobri-o por sorte) pois o discurso escrito diferente do oral é um pouco ambíguo por vezes. O facto de me dizerem "o Jesus da bíblia não é nada mais, nada menos que o anti-cristo" é o mesmo do que me dizerem que sigo uma religião voltada para o mal e se há coisa que eu repudio é isso.

Podem transmitir-se ideias, é certo, mas acredito que devemos ser um pouco comedidos.

Eu sou cristã e vejo e sempre vi Jesus como um homem normalíssimo, muito inteligente e um profeta - é esta "essência" que Jesus tem para mim e é também uma outra opinião que poderá parecer descabida para outras pessoas cristãs ou não (eu sei, porque em pequena fartava-me de discutir isto na catequese... bons tempos de discussão).

Penso que cada um de nós tem direito a expressar opiniões, como diz o PedroSilva, mas também teremos o direito acrescido de nos sentirmos.

Cumprimentos,

El Cairo
  #28  
Antigo 12-05-2009, 13:35
PedroSilva PedroSilva está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jun 2008
Posts: 356
Padrão

Peregrino, talvez tenha razão quanto à afirmação sobre Cristo, não sei, mas há certamente diferenças entre a maneira como muçulmanos e cristãos o vêem. Era isso que queria dizer.
Mas por mim não não vale a pena estar agora a aprofundar essas questões.

Quanto ao que motiva os peregrinos de Fátima, podemos dizer que é uma vivência de fé, o que explica tudo e não explica nada, ou quase.

El Cairo, compreendo bem, e concordo, que devemos ser comedidos quando falamos da religião dos outros, mas haverá sempre possibilidade de mal-entendidos e ofensas sentidas e outras sentidas e premeditadas por quem fala.
Às vezes uma coisa aparece misturada e 'encoberta' pela outra (ou seja, mistura-se opinião e ofensa propositadamente).

Pode ser um terreno armadilhdo, e cada um reage à sua maneira, o que é legítimo.

Na dúvida eu, por mim, prefiro refutar uma opinião com outra opinião, (na dúvida, como nos foras-de-jogo, considero tudo opinião), ainda que possa haver alguma malícia da outra parte. Fica com quem a quer transmitir.

Claro que dizer que Jesus é o anticristo pode ser interpretado como querer significar que o cristianismo é perverso, maléfico. A El Cairo repudia, diz o que acha de Cristo e do cristianismo e muito bem.
  #29  
Antigo 12-05-2009, 14:46
curioso curioso está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Sep 2008
Posts: 452
Padrão

Dizer que o Jesus biblico é o anti-cristo, é diferente de dizer que Jesus é o anti-cristo, e a esta frase o autor da primeira foge inteligentemente.

Sabe que dizer a segunda viola a sua própria fé.

Conhece que dizendo a primeira ofende um religião sem que com isso possa ser atacado à luz da sua.

É uma escolha de palavras inteligente mas que revela a intenção com que são ditas.

Apesar da intenção devem ser escritas publicadas e lidas.

Contrariamente ao que é costume esta frase do Peregrino é perfeita:

"Este texto longo e chato, só para dizer, a crença, a fé individual, deve sempre ser respeitada. Não nos fazem mal nenhum, não entendo a necessidade de certas pessoas em combater a fé das pessoas."
  #30  
Antigo 12-05-2009, 16:09
Avatar de El Cairo
El Cairo El Cairo está offline
Membro Registado
 
Registrado em: Jan 2009
Posts: 608
Padrão

Dizer que o Jesus da Bíblia ou o próprio Jesus é o anti-cristo para mim é a mesma coisa. Continuo a dizer que não sei qual foi a intenção do membro, mas a julgar pelo que leio neste fórum, acredito que todas e todos aqui são membros que se respeitam, embora com algumas divergências e pontos de vista diferentes.
No entanto, fosse qual fosse a sua intenção, "de boas intenções está o inferno cheio", a arderem aí juntamente com o... .... anti-cristo.
Cumprimentos a todos,
El Cairo
 
Opções do Tópico

Regras para Posts
Não pode publicar novos tópicos
Não pode publicar respostas
Não pode colocar anexos
Não pode editar os seus posts

Código BB está Ligado
Smiles estão Ligado
Código [IMG] está Ligado
Código HTML está Desligado

Ir para...

Tópicos Similares
Tópico Tópico Iniciado Por Fórum Respostas Última Mensagem
Eu amo um muçulmano por 23 anos... Sad Assuntos Gerais 29 23-09-2008 21:43
Perguntas a um muçulmano Dudu Religião Comparativa 58 04-09-2008 09:40
O Islam e o muçulmano. Peregrino Assuntos Gerais 1 29-02-2008 09:59
muçulmano verdadeiro RC Assuntos Gerais 5 27-04-2005 16:01
Candidato muçulmano a cargo político. Lay Introdução ao Islão 5 22-06-2004 07:04



Powered by vBulletin® Version 3.8.4
Copyright ©2000 - 2018, Jelsoft Enterprises Ltd. :: Translated by vB-Brasil
vBulletin Style by: kreativfantasy.com